Munique No Limite da Guerra Netflix crítica do filme onde assistir elenco estreia Ultraverso

‘Munique: No Limite da Guerra’ captura bem o espírito da época que retrata

Jorge Feitosa

|

27 de janeiro de 2022

Realizada na cidade alemã que lhe serviu de nome, a Conferência de Munique foi um tentativa de líderes europeus de dissuadir o chanceler alemão Adolf Hitler de sua política expansionista nos anos 1930, que já havia anexado a Áustria e mirava a região dos Sudetos, então pertencente à Tchecoslováquia.

É nesse momento histórico que o diretor Christian Schwochow filma Munique: No Limite da Guera (Munich: The Edge of War), lançamento da Netflix baseado no romance de Robert Harris e adaptado pelo dramaturgo Ben Power. No qual o secretário Hugh Legat (George Mackay) assessora o primeiro-ministro Neville Chamberlain (Jeremy Irons) em suas costuras para evitar a todo custo uma nova guerra mundial, mais uma vez provocada por uma Alemanha em franca ascensão nazista.

Em território alemão, o outrora empolgado colega de Legat e diplomata Paul Von Hartmann (Jannis Niehwöner) entra de cabeça num plano para depor ou assassinar seu Fuhrer. Principalmente após a descoberta do Protocolo Hossbach, um decreto secreto de Hitler aos seus generais para a criação do Lebensraum (espaço vital) alemão, uma ideia desenvolvida ainda no século XIX que visava a anexação de todo os territórios que possuíam alemães étnicos.

Pontos positivos e negativos

Para além do palco histórico em que o roteirista já teria material suficiente pra desenvolver um thriller político eletrizante, a reconstituição de época é um espetáculo à parte, com seus figurinos, veículos e locações enquadrados pelo diretor de forma primorosa.

No entanto e apesar do ótimo elenco, incomoda o uso de Lisa Fries apenas como uma judia usada pra mostrar o que todos já sabem sobre o nazismo e como namorada do personagem de Niehwöner em parcas e superficiais cenas. Na verdade, o diplomata alemão em que ele foi inspirado tinha uma ligação platônica com seu amigo inglês e ambos os atores se esforçam em deixar isso nas entrelinhas.

Mas, ao fim, Munique: No Limite da Guerra, novo filme da Netflix, ainda captura muito bem o espírito da época que retrata. Quando o mundo fazia ouvidos moucos para um líder carismático, populista e autoritário que fazia discursos de paz enquanto ganhava terreno pra tragédia que veio em seguida.

Onde assistir ao filme Munique: No Limite da Guerra

A saber, o filme Munique: No Limite da Guerra está disponível para assinantes da Netflix. Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa

Trailer do filme Munique: No Limite da Guerra, da Netflix

Munique: No Limite da Guerra (Netflix) – elenco do filme

Jeremy Irons
George MacKay
Jannis Niewöhner
Sandra Hüller
Liv Lisa Fries
August Diehl

Ficha técnica

Título original: Munich: The Edge of War
Direção: Christian Schwochow
Roteiro: Ben Power, baseado no romance de Robert Harris
País: Alemanha e Reino Unido
Gênero: drama, guerra e suspense
Ano de produção: 2021
Duração: 129 minutos
Classificação: 16 anos

Jorge Feitosa

@jorgefeitosalima
8
Créditos Galáticos

Créditos Galáticos: 8

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme