Warpaint Radiate Like This

Warpaint e o clima perfeito de ‘Radiate Like This’

Cadu Costa

|

10 de maio de 2022

A banda estadunidense de rock Warpaint pode não ser muito conhecida do grande público – apesar de já ter tocado por aqui num hoje distante 2017 – mas acaba de lançar seu mais novo álbum, ‘Radiate Like This’ e o som é moderno, aguçado por elementos de jazz, eletrônico e lounge. Trilha sonora perfeita para aquela festa mais intimista resultado de uma produção feita durante a pandemia de Covid-19.

O aguardado disco chega quase seis anos depois de Heads Up, seu aclamado último trabalho e ‘Radiate Like This’ parece retomar o caminho de onde seu anterior parou.

As canções

O clima do Warpaint já se inicia na primeira faixa “Champion” e cresce na empolgação com “Hips”. “Hard to Tell” é o single que apresenta uma Emily Kokal (vocais e guitarra) com um quê de Alanis Morissette (sua fase indiana, ok, mas ainda assim como Alanis soaria) e isso é uma alegria sem igual.

Em ‘Radiate Like This’, o Warpaint é empolgantemente dinâmico à medida que percorre suas vibrações variadas, mas unificadas. Seja o R&B de “Stevie”; a espacial e sedutora “Like Sweetness”; ou a balada melancólica “Trouble”, há uma maturidade para o conteúdo lírico aqui presente.

Conclusão

Os grooves chapados de ‘Radiate Like This’ são tão bonitos que parecem ser uma ilusão, uma visão utópica da qual ninguém pode viver sem, uma surpresa silenciosa e muito bem-vinda. Prega a positividade, embora não de uma maneira manca e palestrante. Tem uma energia latente, é irresistível e travesso em suas insinuações discretas e definitivamente é a melhor opção para começar seu dia. Ou terminar. Porque em ‘Radiate Like This’, tudo lhe cabe.

Aliás, vai comprar algo na Amazon? Então apoie o ULTRAVERSO comprando pelo nosso link: https://amzn.to/3mj4gJa.

Nesse sentido, não deixe também de acompanhar o UltraCast, o podcast do Ultraverso:

https://app.orelo.cc/uA26
https://spoti.fi/3t8giu7

Por fim, ouça ‘Radiate Like This’, novo álbum da banda Warpaint:

Cadu Costa

Cadu Costa era um camisa 10 campeão do Vasco da Gama nos anos 80 até ser picado por uma aranha radioativa e assumir o manto do Homem-Aranha. Pra manter sua identidade secreta, resolveu ser um astro do rock e rodar o mundo. Hoje prefere ser somente um jornalista bêbado amante de animais que ouve Paulinho da Viola e chora pelos amores vividos. Até porque está ficando velho e esse mundo nem merece mais ser salvo.
4

Créditos Galáticos: 4

Livros e Quadrinhos ‘Operação Obscura’ ‘Coração Marcado’ ‘Lua de Mel com a Minha Mãe’ ‘Bubble’ ‘Rumspringa’ SEC AWARDS 2022 A Megera Domada – Crítica do Filme