CRÍTICA | 2ª temporada de ‘The Marvelous Mrs. Maisel’ mantém o tom de impetuosidade e carisma

Everton Duarte

|

5 de dezembro de 2018

The Marvelous Mrs. Maisel é uma série que me pegou de surpresa, em um bom sentido, claro. A série, que estreou no final de 2017, narra a história de uma dona de casa dos anos 50 que, até então, buscava viver dentro dos padrões da famosa família tradicional. Mas o sonho inicial duraria pouco, dando espaço a uma mulher corajosa, a frente do seu tempo e que, na verdade, tinha seus próprios ideais (algo considerado como irregular para mulheres naquela época) e se tornaria uma comediante de stand up. Certamente, uma série escrita por Amy Sherman-Palladino (Gilmore Girls) narraria essa história de uma maneira cômica e ferozmente inteligente. Também vale destacar que a Amazon Prime deu um tiro mais do que certeiro na escolha do carismático elenco. A maior prova disso são as oito estatuetas dos Emmys em que a série foi premiada.

CRÍTICA | 1ª e 2ª Temporada de ‘Lore’: a estupenda série de contos da Amazon Prime

A segunda temporada continua praticamente de onde a primeira se encerrou. Mas ao invés de manter o foco na busca Midge, em sua carreira como comediante de Stand up, podemos acompanhar uma grande evolução dela como pessoa. Além disso, as subtramas e personagens que se entrelaçam com a história da Maravilhosa Senhora Maisel continuam em um ritmo incrível. Isso também se deve à mudança de ares adotada. A Cidade Luz, Paris, também é palco de novas aventuras entre Midge e seus pais.

Amazon Prime

E não podemos citar sua família sem mencionar Joel, que cumpriu muito bem o seu papel de ‘vilão’ na primeira temporada. Afinal de contas, difícil simpatizar com um ex-marido que abandona a esposa e seus dois filhos pela secretária. Mas ao decorrer dos cinco primeiros episódios, vamos descobrindo que Joel é apenas um ser humano com defeitos, assim como muitos outros. E bem ou mal, o rapaz recebe o seu ‘castigo’ ao ver Midge tornando realidade um sonho que era dele, na verdade dela, ao brilhar nos palcos como comediante.

Inscreva-se em nosso canal | Blah Cultural – YouTube

Obviamente, uma mulher empoderada na década de 50 seria um grande alvo de preconceito e machismo. No mundo do entretenimento não seria diferente. Basta ver nos dias atuais, onde vemos grandes nomes como Tom Cavalcante e Whindersson Nunes, mas pouco se ouve falar de mulheres nesse mesmo segmento artístico. Ainda assim, a série consegue retratar um assunto tão sério com uma abordagem deliciosa. O desenvolvimento e evolução de Midge é notável em relação à primeira temporada. Ainda que ela tenha que enfrentar todas as adversidades e o sentimento de insegurança a cada subida no palco, a nossa querida Senhora Maisel sempre dá a volta por cima, ou pelo menos tenta. E não por menos, a sua manager e sidekick, Susie, está sempre por ali para apoiá-la. Nesta temporada, Susie ainda é uma das peças-chave fundamentais na vida artística de Midge.

Amazon Prime / Reprodução

O maior desafio para a segunda temporada de The Marvelous Mrs. Maisel seria justamente conseguir manter o tom de impetuosidade e carisma. E, também, um roteiro desafiador e que deixasse o espectador a espera por mais a cada episódio. De fato, essa nova temporada alcançou todos esses itens citados. A série que estreia hoje, 05 de dezembro, no serviço de streaming da Amazon Prime, é obrigatória para quem assistiu a temporada anterior. E se você ainda não viu, apresse-se e veja, pois novos Emmys podem estar se aproximando, novamente, dessa incrível e atemporal obra.

Aprecie sem moderação!

::: TRAILER

::: FICHA TÉCNICA

Título original: The Marvelous Mrs. Maisel
Temporada: 2
Criação: Amy Sherman-Palladino, Daniel Palladino, Scott Ellis, Jamie Babbit
Elenco:Rachel Brosnahan, Michael Zegen, Alex Borstein, Zachary Levy, Marin Hinkle, Kevin Pollak, Tony Shalhoub
Produção: Amazon Prime Studios
Distribuição: Amazon Prime Video
Gênero: Drama, Comédia
Ano: 2018

Você irá na CCXP 2018? Nos procure por lá!

Everton DuarteAdriano Valente | Giovanna Landucci | Pedro Marco | Alex Rodrigues

Everton Duarte

Paulista, jornalista em desenvolvimento, amante do mundo geek, co-fundador e editor-chefe do Ultraverso. Busco sempre o melhor em tudo o que me proponho a fazer.

#TAG

Redesign
O que sabemos sobre Wicked Boa noite Punpun Ao Seu Lado Minha Culpa Lift: Roubo nas Alturas Patos Onde Assistir o filme Lamborghini Morgan Freeman